11 5084.1926 |11 5579.3969 |11 9.9292.0805 neoodonto@neoodonto.com.br
BLOG – NEO

Creme dental que promete remineralização será lançado nos EUA

20 de Fevereiro de 2017
  • Facebook
  • Google+
  • Gmail
  • Evernote

A empresa BioMin Technologies, um spin-off de pesquisa comercial da Universidade Queen Mary de Londres, no Reino Unido, que em 2016 introduziu a primeira pasta de dentes contendo materiais de remineralização dentária, anunciou recentemente que assinou um acordo de licenciamento com a empresa Dr Collins.

Como parte do acordo, a BioMin Technologies estará fornecendo os materiais de remineralização da BioMin para uso em pastas dentárias preventivos que serão vendidas exclusivamente pela Dr. Collins.

Como surgiu esta pasta dental?

Os materiais de remineralização foram desenvolvidos por uma equipe de pesquisa liderada pelo Prof. Robert Hill na Universidade Queen Mary e foram lançados no Reino Unido em abril do ano de 2016. Afim de expandir seus negócios fora do Reino Unido, surgiu essa parceria com a empresa Dr. Collins, fundada pelo Dr. Colin Suzman e que se tornou um próspero negócio de cuidados bucais nos EUA, com linhas de produtos distribuídos através de lojas de varejo, lojas online, profissionais dentários, entre outros.

Qual a vantagem deste acordo entre as empresas?

“Os Estados Unidos representam o mercado de creme dental de maior valor no mundo e com alguns dos consumidores mais exigentes. Estamos muito satisfeitos em formar uma parceria com o Dr. Collins para introduzir a pasta dental Bio Min neste mercado “, disse Richard Whatley da BioMin Technologies.

“Estamos muito animados em trabalhar com a equipe da BioMin na U.K.”, disse Suzman. “Seus avanços nas tecnologias de cuidados bucais são sem igual, e sua dedicação ao desenvolvimento de novas inovações no alívio da sensibilidade dos dentes estão de mãos dadas com a filosofia da nossa empresa em fornecer os produtos de cuidado bucal mais avançados do mercado”.

“O ingrediente deste creme dental contém elementos encontrados naturalmente no corpo, incluindo cálcio, fósforo, sódio e sílica”, disse Hill. “A liberação lenta dos íons de cálcio e fósforo da BioMin é mais eficaz na substituição de minerais perdidos das superfícies dentais do que por dentifrícios convencionais, garantindo assim e aumentando a auto-reparação natural da superfície do dente”.

Matéria original: https://goo.gl/vf9jGo

Cadastre o seu e-mail!
Receba gratuitamente as atualizações do Blog.

Pin It on Pinterest

Share This

Cadastre o seu e-mail!

Receba gratuitamente as atualizações do Blog.

You have Successfully Subscribed!