11 5084.1926 |11 5579.3969 |11 9.9292.0805 neoodonto@neoodonto.com.br
BLOG – NEO

Expansão rápida da maxilla e seu efeito na respiração: revisão de literatura

21 de Outubro de 2016
  • Facebook
  • Google+
  • Gmail
  • Evernote

Autores: Sunny Yamaguche Nogueira Barreto e Thereza Christina Lopes Coutinho.

Número do artigo: 32

Resumo: O objetivo do presente estudo de Barreto e Coutinho (2016) é realizar uma revisão de literatura a respeito das alterações ocorridas em pacientes pediátricos submetidos à disjunção maxilar e os efeitos favoráveis sobre a função respiratória após o tratamento. A ERM é um procedimento eficaz e bem aceito na literatura no que diz respeito ao efeitos esqueléticos e dentários. Frequentemente, foi relatado de forma positiva com relação ao aumento do espaço bucofaríngeo e nasofaríngeo, consequentemente, reduzindo a resistência nasal. Entretanto, a mudança de padrão respiratório de bucal para nasal, não está necessariamente atrelado apenas aos efeitos esqueléticos da ERM. As alterações respiratórias e suas consequências são de interesse comum no desenvolvimento craniofacial. Dessa forma, devem ser desenvolvidos estudos com equipes formadas por profissionais qualificados e capacitados, tais como Ortodontistas, Otorrinolaringologistas e Fonoaudiólogos, para um diagnóstico e tratamento de distúrbios esqueléticos e respiratórios. Como existem poucos estudos de alto nível metodológico sobre o impacto da ERM sobre a respiração, incluindo revisões sistemáticas e meta-análises sobre o assunto, a indicação da ERM para obtenção de melhora exclusivamente respiratória ainda requer estudos mais específicos, incluindo ensaios clínicos randomizados com amostra criteriosa e análise estatística adequada.

Clique aqui e veja o artigo completo

Cadastre o seu e-mail!
Receba gratuitamente as atualizações do Blog.

Cadastre o seu e-mail!

Receba gratuitamente as atualizações do Blog.

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This