11 5084.1926 |11 5579.3969 |11 9.9292.0805 neoodonto@neoodonto.com.br
BLOG – NEO

O alto consumo de açúcar dá origem a custos de tratamento dentário de milhares de milhões de euros mundialmente.

20 de Setembro de 2017
  • Facebook
  • Google+
  • Gmail
  • Evernote

Em todo o mundo, as pessoas a consumir demasiado açúcar. Isso tem consequências negativas para os dentes : visto ao nível global, os custos do tratamento dentários estão atualmente em torno de 172 mil milhões de dólares (128 mil milhões de euros).

Somente na Alemanha, isso equivale a 17,2 mil milhões de euros por ano. Estes são os resultados de um estudo conjunto realizado pela Universidade Martin Luther Halle-Wittenberg (MLU) e pela Biotechnology Research and Information Network AG (BRAIN AG), publicada no International Journal of Dental Research.

O trabalho foi realizado dentro da aliança estratégica NatLifE 2020 e foi co-financiado pelo Ministério Federal da Educação e Pesquisa (BMBF).

Para o trabalho, os pesquisadores avaliaram dados representativos sobre a prevalência de cárie, inflamação das gengivas (parodontite) e perda de dente, custos correspondentes de tratamento e carga de doenças, bem como dados sobre o consumo de açúcar, em 168 países para o ano de 2010. Com base nesses dados, calcularam a parcela dos custos totais atribuível ao consumo excessivo de açúcar. Além do açúcar doméstico branco, os pesquisadores concentraram também a atenção, na análise, no açúcar “escondido” que está contido em muitos produtos processados, como refrigerantes, ketchup, sorvetes e alimentos congelados, bem como pães, bolos e doces.

De acordo com o Dr. Toni Meier, do Institute of Agricultural and Nutritional Sciences da MLU, o autor principal do estudo, os dados mostram uma clara correlação entre o consumo de açúcar e a incidência de cáries, parodontite e, como resultado, perda de dentes. Por cada 25 gramas adicionais de açúcar consumido por pessoa/dia – que equivale a aproximadamente oito cubos de açúcar ou um copo de limonada adoçada – os custos do tratamento dentários em países com alto rendimento per capita, aumentam em média em 100 dólares (75 Euros) por pessoa/ano.

Na Alemanha, o consumo médio diário de açúcar situa-se entre 90 e 110 gramas por pessoa. Média dos custos com tratamentos dentários somam 210 euros por pessoa/ano. Isso coloca a Alemanha no grupo de países com os maiores custos de tratamento por pessoa/ano. Outros países “no grupo” são a Suíça, 300 euros, a Dinamarca , 178 euros) e os EUA 138 euros. Se o objetivo de 50 gramas de açúcar por pessoa/dia estabelecido pela Organização Mundial da Saúde puder ser alcançado, isso resultaria em economia nos custos de tratamento na Alemanha de 150 euros por pessoa/ano. Extrapolando isso a nível federal resultava uma economia potencial anual de aproximadamente 12 mil milhões de euros Uma dieta com baixo teor de açúcar torna-se cada vez mais difícil porque quase todos os produtos processados contêm grandes quantidades de açúcares adicionados. Os maiores níveis de doenças dentárias relacionadas ao açúcar foram observados pelos pesquisadores na Guatemala, Mauritânia e México. “Os países recentemente industrializados, como a Índia, o Brasil e o México, mas também o Paquistão e o Egito, poderiam evitar uma carga excessiva de doenças e custos de cuidados de saúde, ancorando o tema nas suas políticas de saúde e nutrição. Este objetivo poderia ser alcançado por meio de campanhas educacionais ou por tributação especial sobre alimentos ricos em calorias. O imposto sobre o açúcar foi introduzido no México em 2014 e, já após um ano, mostrou-se eficaz: o consumo de bebidas açucaradas diminuiu cinco por cento. No segundo ano, essa diminuição duplicou até dez por cento.

Para poder reduzir o peso das doenças relacionadas com a nutrição, é necessária uma combinação equilibrada de iniciativas educacionais e de políticas alimentares, juntamente com soluções tecnológicas inovadoras
A aliança cofinanciada pelo Ministério Federal da Educação e Pesquisa da Alemanha visa, com a ajuda da biotecnologia e a compreensão dos sistemas biológicos, desenvolver uma nova geração de substâncias sustentáveis, produzidas biologicamente para alimentação e cosmética e assim contribuir para melhorar a nutrição humana, saúde e o bem-estar.

Fonte: jornaldentistry
Artigo original: “High sugar consumption gives rise to dental treatment costs in the billions”

Cadastre o seu e-mail!
Receba gratuitamente as atualizações do Blog.

Cadastre o seu e-mail!

Receba gratuitamente as atualizações do Blog.

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This