11 5084.1926 |11 5579.3969 |11 9.9292.0805 neoodonto@neoodonto.com.br
BLOG – NEO

O processo de uma dor de dente!

21 de Dezembro de 2016

  • Facebook
  • Google+
  • Gmail
  • Evernote

Antes de tudo, todos devem saber que a cárie não é considera uma doença transmissível, a única maneira de controlar uma doença infecciosa e transmissível seria pelo uso de antibacterianos ou vacina e esse não é o caso da cárie.

A cárie é uma doença causada pelo acúmulo de bactérias na superfície dentais e do consumo frequente de açúcares da dieta. principalmente sacarose, o verdadeiro vilão. Sendo assim a cárie não pode ser considerada uma doença transmissível, mas sim uma doença biofilme – açúcar dependente.

Lembrando que não há células-tronco embrionárias na polpa do dente. Embrionária é a totipotente, até a formação do blastocisto, no máximo 8 células formadas após a fecundação! As demais são células-tronco adultas, pluripotente ou multipotente.

Observação: Dentro do canal do dente existe uma estrutura ricamente vascularizada e inervada, seu nome é polpa, mais conhecida como “nervo” do dente – um tecido conjuntivo frouxo que também possui células tronco embrionárias – pode ser agredido por cáries que destroem as camadas do dente até chegar na polpa dentária.

Fazendo com que gere uma resposta inflamatória na polpa dentária, os vasos sanguíneos se dilatam para aumentar a circulação de sangue dentro do dente para combater os agentes irritantes, pressionando os pequenos nervos da polpa contra as paredes do canal, causando uma dor violenta, intermitente ou espontânea, aguda ou imprecisa, localizada, difusa ou referida, que piora com estímulos térmicos e melhora após o tratamento de canal.

Matéria original: https://goo.gl/7bAkTo

Cadastre o seu e-mail!
Receba gratuitamente as atualizações do Blog.

Cadastre o seu e-mail!

Receba gratuitamente as atualizações do Blog.

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This